BYD
ANC

Minas apresenta balanço e estratégias para enfrentar incêndios florestais

Por Rede Megga em 09/07/2024 às 08:43:47

Instituições que integram a Força Tarefa Previncêndio se reuniram nesta segunda-feira (8/7) no auditório do Parque Estadual da Serra do Rola-Moça, em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, para apresentar as estratégias e o planejamento para enfrentamento aos incêndios florestais em unidades de conservação (UCs) de Minas Gerais durante o período de estiagem, que vai de julho a outubro.

Até o momento, em 2024, foram registradas 46 ocorrências internas - resultando em uma área atingida de 609,17 hectares - e 29 no entorno das unidades de conservação - o que representa uma área atingida de 69,41 hectares.

Além disso, a previsão do Sistema de Meteorologia e Recursos Hídricos de Minas Gerais (Simge), do Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam), é a de que, neste período, as chuvas fiquem abaixo da média, principalmente nas regiões Norte, Noroeste e Triângulo. Segundo Heriberto dos Anjos, meteorologista do órgão, este já é um fator esperado para esta época do ano. Porém, a quantidade de dias consecutivos sem chuva pode fazer com que o número de focos de queimadas aumente no estado.

"Já adotamos uma série de medidas para prevenção, incluindo queimas prescritas, trabalhos de conscientização ambiental, monitoramento e capacitação de pessoas. Boa parte dessas ações já foi adotada. Agora entramos num momento mais crítico do ano, no momento de maior atenção para o combate aos incêndios. Iremos nos reunir mensalmente, ordinariamente e também extraordinariamente caso alguma situação exija", explicou o gerente de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais do Instituto Estadual de Florestas (IEF), Rodrigo Bueno Belo.


Comunicar erro
PAG

Comentários

ANUNCIE 6
AGRO