BYD
ANC

Restauro de capela barroca entra na reta final em Sabará

Por Rede Megga em 10/07/2024 às 08:59:38

Todas as tardes, dona Neuza sai de casa com uma garrafa térmica nas mãos. Caminha alguns metros até a Capela Santo Antônio, e, ali, oferece o café quentinho, recém-coado, aos encarregados da restauração do templo, cujo registro mais antigo, um batizado, data de 1731.

"Estou feliz demais com a obra, pois se trata do bem mais precioso da comunidade. Venho aqui desde criança, tudo faz parte da nossa vida, então, gosto de fazer um agrado à equipe", conta a moradora de Pompéu, bairro distante sete quilômetros do Centro de Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A capela guarda preciosidades como o retábulo (altar), "um dos mais importantes de Minas Gerais", informa o restaurador-chefe, Sílvio Luiz Rocha Vianna de Oliveira.

A exemplo dos demais católicos de Pompéu, Neuza Rosa Andrade, de 69 anos, conta os minutos para chegar o próximo dia 26, quando a capela vinculada à Paróquia Nossa Senhora da Conceição será reaberta, às 18h, durante missa celebrada pelo bispo auxiliar da Arquidiocese de BH, dom Edmar José da Silva. "Vou sentir saudade dos restauradores, que fazem um trabalho muito bonito. Nesse local, há história e também lembranças", conta dona Neuza, olhando, agora, para o cemitério, na frente da capela, no qual se encontram sepultados os pais, outros familiares e amigos.

As intervenções na edificação começaram em 10 de janeiro, fruto de iniciativa conjunta da Arquidiocese de Belo Horizonte, via Memorial Arquidiocesano, Prefeitura de Sabará, Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e Associação de Moradores e Amigos do Bairro Pompéu (Amap), representada por Wellington Cláudio da Fonseca. Segundo a coordenadora do Memorial Arquidiocesano, Maria Goretti Gabrich, que acompanha as intervenções desde o início, o investimento de cerca de R$ 850 mil provém do Programa Minas para Sempre, do MPMG, via Coordenadoria das Promotorias de Justiça de Defesa do Patrimônio Cultural e Turístico (CPPC).

"Essa parceria mostra que quando a sociedade se une é capaz de fazer maravilhas. Há muito, a capela precisava de restauração, e, agora, podemos vê-la pronta. Portanto, é com alegria que recebemos este presente de Deus", avalia o titular da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, padre Eribaldo Pereira dos Santos. Para não deixar os fiéis sem as celebrações, as missas e demais cerimônias são realizadas, nesse período de obras, no Espaço Comunitário do Pompeu, ao lado da capela tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Comunicar erro
PAG

Comentários

ANUNCIE 6
AGRO